Facebook Twitter Google +1     Admin

A influência da ginástica laboral na coordenação motora global e no tempo de reação de condutores de autocarro

The influence of gymnastics in motor coordination and reaction time in urban public bus drivers

Stela Paula Mezzomo 1*, Priscila Lopes Cardozo 2, Juliana Izabel Katzer 2, Daniela Lopes dos Santos 3, Sara Teresinha Corazza 1

ARTIGO ORIGINAL | ORIGINAL ARTICLE

RESUMO

Este estudo verificou o efeito da Ginástica Laboral (GL) nas capacidades percetivo-motoras, tempo de reação e coordenação motora global, de condutores de autocarro. Participaram 60 condutores, todos do sexo masculino com média de idade de 37.06 ± 7.66 anos. Os participantes foram divididos em dois grupos (G1 - experimental e G2 - controlo), sendo que o G1 foi submetido às sessões de GL duas a três vezes por semana, durante o período de um ano. A coordenação motora global foi avaliada pelo proto-colo de BURPEE (Johnson & Nelson, 1979) e o tempo de reação através de um software com estímulo visual (Pereira, Dias, & Corazza, 2007). A normalidade dos dados foi analisada através do teste Shapi-ro-Wilk, o qual mostrou distribuição normal apenas para as variáveis tempo de reação simples (TRS) e tempo de reação de escolha (TRE) no G1. Sendo assim, utilizou-se o teste de Mann-Whitney para a comparação entre os grupos. Os resultados revelaram diferença estatisticamente significativa na coor-denação motora global (z= −2.525, p= 0.012), evidenciando benefícios da ginástica laboral na melho-ria dos elementos motores. Já para o TRS e TRE, e apesar de se observar melhores resultados após o programa, estes não foram estatisticamente significativos.

Palavras-chave: ginástica laboral, desempenho psicomotor, tempo de reação

ABSTRACT

This study investigated the influence of labour gymnastics (LG) on bus drivers' basic skills such as re-action time and gross motor coordination. Sixty male bus drivers (37.06 ± 7.66 years old) from two bus lines in the city of Santa Maria (RS) took part of this study. The participants were split into two groups, experimental group (EG) and control group (CG). Subjects that were part of the EG took part in a LG intervention program, 2-3 times a week, over a year. Gross motor coordination was assessed by BURPEE Protocol (Johnson & Nelson, 1979), whereas reaction time by software providing a visual stimulus. Data normality was checked through Shapiro-Wilk test, which pointed to normal distribu-tion only for the variables simple reaction time (SRT) and choice reaction time (CRT) in the EG. Therefore the non-parametric Mann-Whitney U test was selected to compare differences between groups. A statistically significant difference for gross motor coordination was found (z= −2.525, p= 0.012), suggesting the effectiveness of LG to improve motor skills. As regards SRT and CRT, no signif-icant difference was found, in spite of better outcomes having been recorded after the LG program.

Keywords: labour gymnastics, psychomotor performance, reaction time

1 Laboratório de Aprendizagem Motora - Universidade Federal de Santa Maria, RS, Brasil

2 Universidade Federal de Pelotas, RS, Brasil

3 Laboratório de Fisiologia do Exercício - Universidade Federal de Santa Maria, RS, Brasil

Motricidade 2014, vol. 10, n. 4, pp. 27-34

 

10/12/2014 19:08 ucha #. sin tema

Comentarios » Ir a formulario

No hay comentarios

Añadir un comentario



No será mostrado.





La Bitácora del Dr. Ucha

Temas

Archivos

Enlaces


Blog creado con Blogia. Esta web utiliza cookies para adaptarse a tus preferencias y analítica web.
Blogia apoya a la Fundación Josep Carreras.

Contrato Coloriuris