Facebook Twitter Google +1     Admin

Relação da prática de exercícios físicos e fatores associados às regulações motivacionais de adolescentes brasileiros

Relationship between physical exercise practice and associated factors to motivational regulations of Brazilians adolescents

R.B. Silva, T.S. Matias, M.S. Viana, A. Andrade

Motricidade © FTCD/FIP-MOC 2012, vol. 8, n. 2, pp. 8-21

RESUMO

Com base na Teoria da Autodeterminação (TAD; Deci & Ryan, 1985), o presente estudo objetivou investigar as relações entre a prática de exercícios físicos e suas regulações motivacionais, bem como os fatores associados a estas em estudantes adolescentes. Realizou-se um estudo transversal com a participação de 471 adolescentes de 14 a 18 anos de idade, estudantes de uma escola pública estadual no município de Florianópolis/SC, Brasil. Questionários foram utilizados para a realização da pesquisa e os dados foram tratados com estatística descritiva e inferencial. Meninos foram mais ativos e mais auto determinados para a prática de exercícios físicos do que as meninas. Para ambos os sexos as regulações motivacionais mais internas, bem como o índice de autodeterminação, estiveram associados positivamente com a prática de exercícios físicos. Meninas com maior idade e com presença de sobrepeso apresentaram maior regulação identificada. Entre os meninos, os estudantes com sobrepeso mostraram-se mais amotivados e menos motivados intrinsecamente. De maneira geral, adolescentes que estudam no período vespertino apresentaram um maior índice de autodeterminação. Conclui-se que adolescentes mais auto determinados praticam mais exercícios físicos regularmente. Destacam-se ainda os fatores associados à motivação e a existência de diferenças entre meninas e meninos nas relações entre as variáveis investigadas.

ABSTRACT

Based on Self-Determination Theory (SDT; Deci & Ryan, 1985), this study investigated the relationship between physical exercise, motivational regulations and associated factors in adolescents. We conducted a cross-sectional study involving 471 adolescents aged 14 to 18 years old, students at a public school in Florianópolis/SC, Brazil. Questionnaires were used to conduct the survey and the data was analyzed by descriptive and inferential statistics. Boys were more active and more self-determined for physical exercise than girls. For both genders the internal motivations and the self-determination were positively associated with physical exercise. The older and overweight girls had higher identified regulation. Among boys, students who are overweight were more amotivated and less intrinsically motivated. All students, adolescents who are studying in the afternoon period showed a higher baseline of self-determination. The study concluded that adolescents more self-determined did more physical exercise regularly. Also the study showed that there are factors associated with the motivational regulations and that there are differences between girls and boys.

29/05/2012 16:32 ucha #. sin tema

Comentarios » Ir a formulario

No hay comentarios

Añadir un comentario



No será mostrado.





La Bitácora del Dr. Ucha

Temas

Archivos

Enlaces


Blog creado con Blogia. Esta web utiliza cookies para adaptarse a tus preferencias y analítica web.
Blogia apoya a la Fundación Josep Carreras.

Contrato Coloriuris